quarta-feira, 1 de julho de 2009

A numeração dos maias

 

A civilização maia foi uMaias_Mapama cultura mesoamericana pré-colombiana, com uma rica história de 3000 anos. Contrariando a crença popular, o povo maia nunca "desapareceu", pois milhões ainda vivem na mesma região e muitos deles ainda falam alguns dialetos da língua original.

 

Maias_Totem Os maias construíram as famosas cidades de Tikal, Palenque, Copán e Calakmul, e também Dos Pilas, Uaxactún, Altún Ha, e muitos outros centros habitacionais na área. Jamais chegaram a desenvolver um império embora algumas cidades-estado independentes tenham formado ligas temporárias, associações e mesmo rápidos períodos de suserania. Os monumentos mais notáveis são as pirâmides que construíram em seus centros religiosos, junto aos palácios de seus governantes. Outros restos arqueológicos muito importantes são as chamadas estelas (os maias as chamam de tetún, ou "três pedras"), monolitos de proporções consideráveis que descrevem os governantes da época, sua genealogia, seus feitos de guerra e outros grandes eventos, gravados em caracteres hieroglíficos.

Para melhor entender o processo de numeração dos maias, vamos lembrar que o nosso sistema de numeração é  decimal (base 10), isto é, nós contamos, agrupando os objetos de dez em dez, dessa maneira, a quantidade 5125, pode ser escrita como:

5125Dec 
O nosso sistema de numeração é posicional, isto significa que o valor de um algarismo, depende da posição que ele ocupa no numeral do número, dessa maneira, no número 5125, o 5 da esquerda tem valor 5000 ao passo que o da direita tem valor 5.

unidades de milhar   centenas   dezenas   unidades    

clip_image002[16]

 

clip_image002[18]

 

clip_image002[20]

 

clip_image002[22]

   
clip_image002[24]   clip_image002[24]   clip_image002[24]   clip_image002[24]    
5   1   2   5    
=   =   =   =    
5000 + 100 + 20 + 5 = 5125

 

O sistema de numeração adotado pelos maias era vigesimal, ou seja de base 20, portanto, nesse sistema, os objetos a serem contados eram agrupados de vinte em vinte, assim sendo, a quantidade 5125, pode ser escrita como:

5125Maia

Os maias representavam os números utilizando apenas três símbolos: o ponto, para representar a unidade, a barra, que representava 5 unidades e a concha, representando o zero, um grande avanço praticado por essa civilização, visto que outras, a exemplo da romana, não possuiam um símbolo para o zero.

MaiasCom o ponto e a barra combinados, conseguiam escrever os algarismos até 19, seguindo duas regras (veja na figura ao lado):
    Os números de 1 a 4 são formados com a combinação dos pontos, ou seja, para o número 1, utiliza-se um ponto, para o algarismo 2, usam-se 2 pontos, sendo um colocado do lado do outro, etc.

    O número 5 é representado por uma barra, sendo que estas são combinadas em no máximo 3, sendo colocadas uma acima da outra.

A partir do 20, os números eram representados verticalmente. através de uma combinação de pontos e barras, levando em conta a posição que símbolo ocupa no numeral do número, de maneira parecida com aquela que utilizamos em nosso sistema de numeração.

Retomando o exemplo do número 5125, seu numeral, escrito no sistema de numeração dos maias, é representado na forma vertical e lido de cima para baixo, conforme se mostra na tabela a seguir:

clip_image002 clip_image002[8] image
clip_image002[4] clip_image002[10] image
clip_image002[6] clip_image002[12] image
   

5125

 

 5125Maia 

 

 

 

 

Para saber mais visite:

 http://pt.wikipedia.org/wiki/Civiliza%C3%A7%C3%A3o_maia

 

Francisco Ismael Reis.

AssinaturaFundoCla_thumb[1]

01/07/2009.

1 comentários:

Anônimo disse...

isso so e bom para fazer lição de casa ne? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Postar um comentário